Enquanto escrevia e preparava o lançamento do 10 Passos Mágicos para o Sucesso, me deparei várias vezes com o mesmo tipo de pergunta: “Como o jovem dono de pet shop, a tia da loja de roupas ou o senhor da loja de tapetes vão seguir as suas dicas?”. Eu já tinha, desde o início, decidido que a linguagem do livro seria a mais acessível possível, para poder alcançar estes perfis. E desde então, sempre segui por esse caminho.


Inspirado nesse mesmo espírito, vi a oportunidade de elencar as principais lições que você, seja o dono de uma multinacional ou de uma lojinha de presentes, precisa levar com você na sua jornada.


1 – Trabalhe bastante
Não existe fórmula. E o mais importante é que você não enxergue essa obrigação como um fardo: se o processo de empreender não te gera satisfação, parta pra outra. Só quem carrega dentro de si o prazer em construir sua própria dádiva pode desempenhar grandes resultados.


2 – O seu papel social é prosperar
No Brasil, 6 a cada 10 empresas fecham nos primeiros 5 anos. São pessoas que perdem seus empregos devido, principalmente, à uma gestão empresarial deficiente. Logo, antes de pensar em qualquer projeto para ajudar as pessoas, lembre-se de garantir que você não as atrapalhe.


3 – Honestidade não é um diferencial
Essa é pra lembrar na hora de contratar. Se o candidato se vangloria por não ser desleal, você tem a sua deixa para apertar as mãos e chamar o próximo. O mesmo vale para as situações onde você está sofrendo com a má performance de um colaborador, mas pensa “Ah, mas ele é tão correto”. A honestidade é regra. O talento é que diferencia.