O post de hoje é para todos que correm atrás de algo. Seja pelo maior sonho das suas vidas, seja para resolver pendências que estão atrasando os negócios, até mesmo pra quem já conquistou o que desejava. Mais cedo ou mais tarde, todos nós descobrimos que a rotina não é sempre boazinha com a nossa vida.

Eu falo sobre o seu relógio, que não está com defeito: o tempo realmente está passando rápido. E toda essa quantidade enorme de tarefas, objetivos e sonhos não pode fazer com que você interrompa a sua criatividade. Cair no vício de sonhar muito e fazer pouco não vai ser legal pra sua jornada, acredite em mim.

É que pra qualquer um se sentir à vontade pra criar, seja o Walt Disney ou o vendedor ambulante na praia, é preciso tempo. Sim, só um pouquinho de tempo.

Qual foi a última vez que você se deu esse tempo? Você sabe do que estou falando. Chame de pausa, intervalo, break, etc. O que importa é que você precisa incluir esse espaço na sua agenda. Pra respirar mais, pra sentir mais, pra criar mais.

Muita gente não dá importância pra isso, e a mente dá o seu jeito de cobrar. A gente prende durante o dia inteiro toda essa profusão de ideias e pensamentos inconscientes, e é muitas vezes na hora de dormir que eles nos pegam. Daí a insônia, daí a falta de produtividade no dia seguinte.

O ócio criativo não é só um capítulo de livro sobre criatividade. Muito menos uma desculpa pra você não fazer o seu trabalho. Ele é parte do processo de qualquer um que deseja criar.

Tire o seu tempo.

Faça mais do que ir mais rápido e vá mais longe.